condomínio

Quanto custa uma portaria 24 horas?

Antes de responder essa pergunta, você precisa conhecer quais são os tipos de portaria que permitem atendimento 24 horas e como elas funcionam.

Um condomínio é formado por moradores que possuem diferentes rotinas uns dos outros. Há aqueles que saem logo pela manhã, aqueles que esperam o almoço ou até aqueles que chegam de madrugada.

Para dar mais segurança e praticidade aos clientes, o ideal é pensar em investir em uma portaria com atendimento 24 horas, assim todos os moradores são amparados independente do horário.

Porém, como implementar uma portaria 24 horas no meu condomínio? Existem duas opções: contratar dois porteiros, um para o dia e outro para a noite, ou investir no serviço de portaria remota.

Vamos entender um pouco mais sobre os prós e contras de cada uma? Continue a leitura, preparamos esse conteúdo para tirar suas dúvidas de vez.

O que é uma portaria remota?

A portaria remota é um novo conceito em portaria, que veio para trazer mais praticidade e comodidade aos gestores, síndicos e moradores do condomínio.

Basicamente, a portaria remota trata-se de um serviço de portaria a distância, ou seja, de forma online. Nesse sistema, não há a presença de um funcionário físico no prédio, mas todo o controle é feito por meio de uma central.

É uma forma de trazer tecnologia para os condomínios e otimizar as rotinas dos moradores, já que o sistema remoto permite mais possibilidades e melhor custo benefício.

Como funciona a portaria remota?

A principal dúvida de quem escuta falar nesse serviço pela primeira vez é saber como funciona, o que é normal já que a portaria remota é algo mais recente no Brasil.

A característica que mais diferencia esse serviço dos demais tipos de portaria é que é realizado a distância, por meio de um sistema completo que garante o atendimento.

Todo visitante ou prestador de serviço que precisa ir até algum dos apartamentos, aperta o interfone normalmente e realiza a conversa com a central de controle da empresa contratada para a portaria remota.

Nesse sistema de atendimento, o morador pode deixar já autorizada a entrada de algum visitante que espera. Além disso, em casos em que os moradores não estiverem em casa, eles podem realizar a autorização por meio de um aplicativo.

Todo o sistema visa a segurança, assim, todos os acessos são identificados e registrados pela central, de forma que caso seja necessário as informações possam ser utilizadas.

Portaria remota x Porteiro físico

Como mencionado anteriormente, a outra forma de se obter portaria 24 horas no condomínio é realizando a contratação de dois porteiros presenciais.

Dessa forma, um porteiro fica responsável pelo turno do dia e outro pelo turno da noite, para que todos os horários sejam cobertos.

Porém, esse sistema pode sair caro para os administradores e gestores do prédio, isso porque será necessário contratar dois funcionários e realizar o pagamento de cada um.

Além disso, a portaria tradicional possui algumas falhas na qualidade do atendimento, segurança e controle. O que torna a portaria remota mais vantajosa.

Quais as vantagens da portaria remota?

A seguir, vamos falar um pouco das características que tornam a portaria remota mais vantajosa, veja quais são:

Atendimento especializado

Quando falamos no atendimento fornecido pela portaria remota, trata-se de um atendimento que além de ser 24 horas consegue dar atenção a todos os envolvidos.

Ou seja, os moradores são beneficiados pela tecnologia, os visitantes e prestadores de serviço não ficam sem atendimento caso um morador não esteja presente.

Entrada mais prática dos moradores

Esse tipo de portaria permite o uso da tecnologia a seu favor, a passagem dos moradores é facilitada com sistemas de biometria, tag de aproximação e QR Code. Assim, o tempo do morador é otimizado e o condomínio fica mais seguro.

Controle de acessos

O que mais se preza em um ambiente residencial é a segurança de todos, por meio do sistema remoto a central da empresa contratada realiza o controle de acessos de todos os visitantes.

Quando um visitante ou prestador de serviço aperta o interfone ele é identificado pelas câmeras de segurança e então o morador é contatado para autorizar ou não o acesso daquela pessoa.

Suporte técnico

Você deve estar se perguntando, como funciona a portaria remota em casos de queda de energia? Pensando nisso, existe um gerador de energia que permite o funcionamento da portaria até que o problema seja resolvido.

Além disso, em casos onde ocorre problemas no portão ou interfone, a central é comunicada e envia uma equipe para solucionar o problema.

Todo condomínio pode aderir a portaria remota?

Para saber se o seu condomínio pode implementar a portaria remota é preciso analisar algumas características como o perfil dos moradores, o tamanho do condomínio e se todos estão dispostos a mudar.

O ideal é que esse sistema esteja em condomínios de até 80 unidades, o que não significa que condomínios maiores não podem aderir ao tipo de portaria, mas é preciso levar em consideração outros fatores.

Os moradores precisam estar dispostos a mudar e se adaptar ao sistema online, que na verdade apenas facilita as rotinas.

Quanto custa uma portaria remota?

No começo do texto falamos que para responder quanto custa uma portaria 24 horas, você precisava conhecer as duas formas de se ter uma.

A portaria presencial com 2 porteiros é algo mais conservador, para condomínios que não buscam modernidade ou que acreditam que os moradores não conseguem se adaptar ao sistema remoto.

Porém, vale lembrar os custos mensais de arcar com dois profissionais na guarita do prédio.

Já a portaria remota é uma solução mais tecnológica, que leva praticidade e segurança para os condomínios. Nesse sistema, os custos maiores estão na implementação inicial dos equipamentos, mas depois o serviço se torna economia no caixa.

O valor dessa implementação vai depender da cidade e da empresa de portaria remota escolhida, é preciso pensar em uma empresa comprometida para realizar todo o serviço, pois assim seu condomínio tem mais tranquilidade nas suas rotinas.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

interfone

Portaria Híbrida

Portaria Híbrida

Você já ouviu falar em portaria híbrida? Esse modelo tem como objetivo atender as necessidades dos moradores a todo momento, aliando um monitoramento remoto, manutenção 24 horas e um aumento tecnológico para o Condomínio.

O que é uma portaria híbrida?

Muitos síndicos estão à procura de um aumento na segurança e uma possível redução na taxa condominial e nos procuram para fazer um orçamento de portaria remota.

Porém, entendendo melhor as necessidades do Condomínio, muitas vezes encontramos algumas dificuldades e pré-conceitos para implementar a portaria remota e as principais são:

  • Condomínios com mais de 100 unidades;
  • Porteiros que trabalham há muitos anos no Condomínio;
  • Moradores idosos e que estão “acostumados” com o porteiro no Condomínio.

 

Trata-se de um modelo que concilia a portaria remota com a portaria presencial. 

Esse tipo de portaria pode garantir mais agilidade, segurança, suporte remoto e economia ao condomínio.

O objetivo da portaria híbrida é que o condomínio seja atendido sempre da melhor forma possível e sempre que for necessário, mesmo que o porteiro físico não esteja disponível no momento.

Como funciona a portaria híbrida?

Para fazer esse modelo funcionar e evitar os impactos da transição direta da portaria presencial para a remota, esse sistema funciona como uma escala.

 

Durante o dia, nos horários comerciais, os porteiros físicos estão presentes para realizar o serviço. Já durante a noite, a portaria remota assume a função de atendimento.

 

Essa troca é definida pelos condomínios de acordo com a necessidade de cada um. Além disso, a portaria híbrida pode ser utilizada em momentos de escalas de porteiros, rondas, intervalos, imprevistos ou demais questões que possam levar o porteiro a se ausentar.

Quais as vantagens da portaria híbrida?

Veja quais são as principais vantagens de se optar por esse modelo de portaria no seu prédio:

  • Atendimento de portaria 24 horas (seja remoto ou presencial);
  • Mais segurança aos moradores;
  • Mais tecnologia para o seu condomínio;
  • Possibilidade de economia;
  • Menor impacto na rotina dos moradores em comparação a portaria remota;
  • Manutenção dos equipamentos 24 horas

 

São vários os benefícios de se optar por esse serviço, faça uma análise e descubra se ele é o modelo perfeito de portaria para o seu condomínio.

Qual o perfil do Condomínio para portaria híbrida?

Na nossa experiência, os Condomínios que têm o perfil para uma portaria híbrida são:

 

Em Condomínios onde os síndicos que querem fazer uma solução progressiva para portaria remota;

Condomínios sem possibilidade de fazer a rescisão de funcionários, seja por serem bons funcionários, seja por falta de caixa para a rescisão ou por o funcionário estar próximo a aposentadoria;

Condomínios que não tem zelador e que para contratar um novo funcionário, inviabilizaria a portaria remota pois o custo ficaria maior que a portaria presencial;

Condomínios de até 200 unidades.

portaria híbrida

Portaria Híbrida ou Portaria Remota? Qual a melhor?

São muitas vantagens que a tecnologia e inovação da portaria remota podem entregar aos moradores, gestores e síndicos.

Para saber se esse modelo vale mais a pena do que a portaria remota, é preciso levar em consideração alguns fatores e fazer uma boa análise.

Enquanto por um lado a implementação híbrida pode funcionar com um investimento menor, a portaria remota oferece muito mais economia ao longo do tempo, sendo um custo-benefício maior.

O que vai fazer a diferença na escolha é pensar também se os moradores estão dispostos a assumir esse tipo de portaria ou se preferem a presença do porteiro.

Nesses casos, a portaria híbrida ajuda para que eles possam se acostumar com o sistema para uma implementação total no futuro.

Independente da escolha, o importante é escolher uma boa empresa de portaria para que o seu condomínio esteja seguro, que o gestor tenha mais tranquilidade para realizar suas funções e os gastos sejam diminuídos.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

controle para portaria autônoma

Portaria autônoma: tudo o que você precisa saber

Portaria autônoma: tudo o que você precisa saber

A portaria é uma parte importante dos condomínios, afinal é como os visitantes e prestadores de serviço serão recebidos.

Você sabia que existem outros modelos de portaria do que o tradicional que você está acostumado?

A solução para o seu condomínio pode estar nos sistemas inovadores de portaria para condomínios, você apenas não conhece ainda.

Como por exemplo, a portaria autônoma. Um modelo que reduz os gastos do seu condomínio e ainda facilita o dia a dia dos moradores.

Quer entender o que é, como funciona e quais as vantagens de optar por esse sistema? Continue a leitura, preparamos esse artigo para tirar suas dúvidas e explicar por que esse conceito veio para ficar!

interfone para portaria autônoma

O que é portaria autônoma?

A chamada portaria autônoma trata-se de um sistema em que os próprios moradores do condomínio realizam os atendimentos de visitantes, sem que seja necessário um porteiro na entrada.

É um modelo diferente da portaria remota, por exemplo, onde há uma central realizando comandos por trás.

Esse tipo de portaria, tem como objetivo facilitar a vida dos moradores, dando-os mais autonomia, com isso também reduzindo os custos de porteiro. Para isso, a tecnologia entra em ação.

Trata-se de um modelo econômico já que os custos acabam se resumindo apenas a instalação da tecnologia oferecida pelas empresas que trabalham com esse serviço.

Como funciona a portaria autônoma?

controle para portaria autônoma
Pessoa fazendo atendimento pelo aplicativo de celular

Muitas pessoas possuem dúvidas de como funciona o sistema de portaria autônoma. Por isso, vamos explicar a seguir como acontece o atendimento no condomínio nesse modelo.

Todo o processo de atendimento por parte dos moradores é feito a distância, por meio de um interfone que é instalado na entrada do prédio. Nesse interfone o processo acontece normalmente, o visitante seleciona o número do apartamento que deseja ir.

Para atender esse visitante, os moradores possuem instalados em seu celular um aplicativo da empresa responsável pela portaria autônoma, no qual podem ver pela câmera instalada também na entrada do prédio ou por interfones com visor, quem está solicitando acesso ao apartamento.

O que acontece caso o morador não esteja em casa?

Em situações onde o morador do apartamento não está em casa para atender o visitante ou prestador de serviço, ele tem a opção de se comunicar com essa pessoa por meio do aplicativo da empresa.

Assim, pode decidir se deseja liberar a entrada, autorizando uma chave virtual de acesso, ou apenas avisar que não está disponível no momento e pedir que volte outro dia.

Por que investir em portaria autônoma?

São vários os motivos que levam os condomínios a optarem pela portaria autônoma. Esse novo conceito de portaria tem ganhado espaço entre os gestores e os moradores.

O primeiro grande ponto que podemos citar é o baixo custo de implementação do sistema. Isso ocorre porque o investimento para instalar esse modelo nos prédios não é um valor alto, pois se trata de um sistema simples de tecnologia.

Outro ponto já que falamos em economia é que a portaria autônoma diminui os custos do condomínio, pois não é mais necessário gastar com porteiro e recepção. O que resulta na possibilidade de redução da taxa de condomínio aos moradores.

Sem falar é claro, da praticidade e agilidade que essa portaria concede aos moradores, até mesmo quando não estão em casa.

Quais as vantagens da portaria autônoma?

controle para portaria autônoma
Agora que você entendeu a importância desse serviço, vamos ressaltar quais são as principais vantagens desse modelo:

De fato, são vários os motivos que atraem os gestores a implementarem a portaria autônoma em seus condomínios.

Para qual tipo de condomínio a portaria autônoma é indicada?

Como se trata de um sistema que dá autonomia aos moradores, o mais indicado é que a portaria autônoma seja implementada em condomínios de menor porte, logo com menos unidades.

Isso não é regra, vai depender também da gestão de cada prédio, já que outros fatores devem ser analisados.

Por exemplo, é preciso ter certeza que todos os moradores estão dispostos a assumir esse comprometimento em prol da segurança de todos do condomínio.

Se a resposta for sim, então será uma ótima opção para facilitar e agilizar a rotina do prédio, com mais tecnologia e comodidade.

Quais as desvantagens da portaria autônoma?

Antes de escolher a portaria autônoma é preciso saber que assim como todo sistema, há algumas desvantagens. Por isso, cabe ao gestor do condomínio analisar se esse é o modelo ideal ou não de portaria para o seu prédio.

Como por exemplo o fato de que esse modelo não possui uma central de monitoramento profissional que faça o controle de acessos de visitantes.

Outra desvantagem é que como cada morador é responsável pelos atendimentos, pode causar uma certa insegurança por parte dos vizinhos de apartamento.

Por isso, é importante escolher uma empresa de portaria autônoma que tenha um suporte remoto, ou optar pela portaria híbrida.

Portaria autônoma x Portaria Remota

É comum que as pessoas confundam portaria autônoma com a portaria remota. Ambas têm como objetivo facilitar a rotina dos moradores com tecnologia, mas existem algumas diferenças importantes.

Central de monitoramento

Enquanto a portaria autônoma não possui uma central de monitoramento de acessos, esse é justamente um dos pontos fortes da portaria remota.

Isso porque, essa central permite aos moradores do condomínio mais segurança no controle de quem entra e quem sai do prédio.

Suporte de manutenção

Outra diferença entre os dois modelos é que a portaria remota fornece um suporte de manutenção em casos onde o interfone ou os portões apresentam alguma falha.

Esses problemas, na maioria das vezes, podem ser solucionados sem precisar contatar o síndico, por exemplo.

Alerta de coação

Um outro diferencial é que a portaria remota possui um sistema especial que visa garantir a segurança dos moradores do condomínio.

Se algum morador estiver sofrendo algum tipo de coação em seu apartamento, pode solicitar ajuda de um modo silencioso pelo sistema da portaria.

É possível perceber que para escolher o modelo de portaria ideal para o seu condomínio é preciso analisar as necessidades do seu prédio e garantir a satisfação de todos.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

portaria remota quais são os tipos de links de comunicação utilizados

Tipos de Links de Comunicação na Portaria Remota

Para garantir o perfeito funcionamento da portaria remota é preciso contar com links de comunicação modernos e rápidos, além de prever possíveis falhas, como falta de energia ou de internet. Saiba mais sobre assunto no artigo que preparamos para você.

A portaria remota é a solução para reduzir gastos relacionados às folhas de pagamento, que representam boa parte do valor custeado pelos moradores de condomínios. Além disso, a portaria eletrônica garante muito mais segurança e é fácil entender o porquê.

Em modelos tradicionais de portaria, ou seja, com funcionários que atuam presencialmente, a guarita fica muitas vezes abandonada por diferentes razões, como quando o porteiro se ausenta para ajudar um morador ou vai ao banheiro.

Outro dado assustador está relacionado ao período noturno, pois já foi comprovado que muitos colaboradores terminam por dormir em serviço e com isso comprometem a segurança do condomínio e o deixam vulnerável.

Assim, a portaria inteligente (ou remota) traz soluções inovadoras para pôr fim a estes problemas e falhas, uma vez que, ao invés de um único colaborador, a entrada e saída de moradores, visitantes e entrega de produtos é monitorada por uma equipe de profissionais.

Estes profissionais ficam alocados não no condomínio, mas numa central e atuam 24 horas por dia, sete dias por semana para garantir a segurança do edifício, dos condôminos e de seus bens, como os veículos estacionados na garagem.

Porém, muitas pessoas têm dúvidas sobre os links de comunicação utilizados para conectar o condomínio e a central, além dos planos de ação em situações emergenciais, como em quedas de energia ou falta de internet.

Afinal, essas situações podem colocar a segurança dos moradores em risco e comprometer a disponibilização dos serviços da portaria inteligente? Para sanar essas e outras questões, continue lendo o artigo que preparamos especialmente sobre esse assunto.

A internet e suas novas possibilidades

Para compreender a eficácia da portaria remota é preciso ter em mente que com o avanço da internet, dos servidores e do constante aumento da velocidade na transmissão de dados muitos serviços e atividades antes consideradas impossíveis já são uma realidade.

Assim, por meio da internet é possível controlar máquinas à distância, conectar pessoas, armazenar e transmitir dados em tempo real de qualquer ponto para qualquer ponto do planeta e o futuro da internet ainda reserva muito outros avanços para a humanidade.

Veículos autônomos e cirurgias à distância serão possíveis num futuro não muito distante, graças à união da informática e da robótica e o avanço e complexidade de redes de internet, como a tecnologia 5G, que atualmente é alvo de disputas entre a China e os Estados Unidos.

A portaria remota, portanto, nada mais é do que um dos resultados e uma das possibilidades viáveis graças ao desenvolvimento dos sistemas de comunicação. Logo, é uma tecnologia que deve ser aproveitada para o benefício de todos.

Portaria remota com links mais eficientes de comunicação

A pergunta que não quer calar é: mas e se a internet falhar, como ficam os serviços da portaria remota? Uma questão, aliás, muito coerente, porém previsível e que já foi solucionada.

Para evitar transtornos ou falhas, a portaria inteligente (e esse nome não é por acaso) conta com diferentes links de comunicação, pois caso um deles falhe, há outros que impedem que o sistema deixe de funcionar corretamente.

Conheça-os mais perto:

  • Internet banda larga: 2 links

Para evitar possíveis falhas das operadoras de internet, cada edifício conta com dois links de banda larga provenientes de operadoras diferentes, assim, caso uma falhe, a outra é automaticamente acionada;

  • Link ponto a ponto

Outra tecnologia empregada é a conhecida como link ponto a ponto, que permite que uma grande quantidade de dados possa trafegar entre o condomínio e a central de controle da portaria inteligente numa rede privada, uma intranet.

O acesso é realizado através de uma rede de fibra óptica, unidades interligadas, conexão totalmente segura e de baixa latência, o que permite o tráfego de vídeo, streaming, áudio e dados em grande escala, tudo por meio de uma rede privada (VPN ou Virtual Private Network);

  • Geradores e nobreaks

Em caso de queda de energia, o sistema conta com geradores e nobreaks capazes de garantir o funcionamento de todo sistema por até 4 horas: abertura e fechamento de portões, cancelas e catracas, funcionamento de interfones, câmeras, alarmes, botões de pânico, leitores, etc.

Por fim, caso a falta de energia persista por mais de 4 horas, um porteiro é enviado ao local para realizar os serviços até que a situação se normalize, logo, o condomínio e seus moradores nunca ficam sem assistência;

  • Falhas técnicas

Se o uso dos softwares e da ligação por internet não é mais um problema, você pode estar se perguntando quanto a falhas no funcionamento dos equipamentos físicos e de controle de acesso, porém não é preciso se preocupar caso você conte com uma boa prestadora de serviço.

A Folk Portaria Remota oferece assistência técnica a qualquer momento, além disso, possíveis falhas são evitadas com a manutenção periódica dos equipamentos que, aliás, já é prevista em contrato.

Os problemas dos links normais para a portaria remota

Usar um link normal, ou seja, que depende de uma única ligação, como apenas internet ou intranet, é um grande erro, pois em casos de falha, o condomínio ficará desassistido e vulnerável.

Por isso, o mais indicado é combinar diferentes links, como os já demonstrados, para garantir a total funcionalidade do sistema independente de qualquer intercorrência e assim oferecer um serviço mais moderno e eficiente.

Portaria remota – Mais segurança e facilidades

Como ficou claro, não há o temer quanto aos níveis de segurança da portaria inteligente, afinal, mesmo os problemas mais complexos já foram previstos e sanados de antemão.

Por isso, moradores e síndicos podem ficar despreocupados, afinal, além do sistema implementado no edifício, eles contam com o aplicativo exclusivo da Folk Portaria Remota, que permite:

  • Acionar portões e cancelas;
  • Visualizar câmeras;
  • Reservar espaços de uso comum, como churrasqueira e salão de festas;
  • Enviar mensagens;
  • Receber alertas de portas deixadas abertas;
  • Verificar relatórios de acessos e muito mais.

Tudo com muita praticidade e literalmente na palma da mão, o que significa mais autonomia do edifício e controle para os condôminos e síndicos.

Especialista em portaria inteligente

Destaque pela excelência dos serviços prestados, a Folk Portaria Remota é a empresa mais atuante em Curitiba e destaque por seu excelente atendimento e assistência prestada a moradores e administradores de condomínios.

Sua equipe é especializada, treinada e está sempre disponível para sanar dúvidas e oferecer as melhores soluções para o seu condomínio, afinal, o sistema é automatizado, porém, por trás das máquinas, há pessoas reais monitorando e salvaguardando os moradores.

Por isso, a Folk Portaria Remota é a mais indicada para implantação do sistema de portaria inteligente e conta com equipamentos modernos e diferenciados que são facilmente adequados aos mais variados estilos de condomínios horizontais e verticais.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA