condomínio

Quanto custa uma portaria 24 horas?

Antes de responder essa pergunta, você precisa conhecer quais são os tipos de portaria que permitem atendimento 24 horas e como elas funcionam.

Um condomínio é formado por moradores que possuem diferentes rotinas uns dos outros. Há aqueles que saem logo pela manhã, aqueles que esperam o almoço ou até aqueles que chegam de madrugada.

Para dar mais segurança e praticidade aos clientes, o ideal é pensar em investir em uma portaria com atendimento 24 horas, assim todos os moradores são amparados independente do horário.

Porém, como implementar uma portaria 24 horas no meu condomínio? Existem duas opções: contratar dois porteiros, um para o dia e outro para a noite, ou investir no serviço de portaria remota.

Vamos entender um pouco mais sobre os prós e contras de cada uma? Continue a leitura, preparamos esse conteúdo para tirar suas dúvidas de vez.

O que é uma portaria remota?

A portaria remota é um novo conceito em portaria, que veio para trazer mais praticidade e comodidade aos gestores, síndicos e moradores do condomínio.

Basicamente, a portaria remota trata-se de um serviço de portaria a distância, ou seja, de forma online. Nesse sistema, não há a presença de um funcionário físico no prédio, mas todo o controle é feito por meio de uma central.

É uma forma de trazer tecnologia para os condomínios e otimizar as rotinas dos moradores, já que o sistema remoto permite mais possibilidades e melhor custo benefício.

Como funciona a portaria remota?

A principal dúvida de quem escuta falar nesse serviço pela primeira vez é saber como funciona, o que é normal já que a portaria remota é algo mais recente no Brasil.

A característica que mais diferencia esse serviço dos demais tipos de portaria é que é realizado a distância, por meio de um sistema completo que garante o atendimento.

Todo visitante ou prestador de serviço que precisa ir até algum dos apartamentos, aperta o interfone normalmente e realiza a conversa com a central de controle da empresa contratada para a portaria remota.

Nesse sistema de atendimento, o morador pode deixar já autorizada a entrada de algum visitante que espera. Além disso, em casos em que os moradores não estiverem em casa, eles podem realizar a autorização por meio de um aplicativo.

Todo o sistema visa a segurança, assim, todos os acessos são identificados e registrados pela central, de forma que caso seja necessário as informações possam ser utilizadas.

Portaria remota x Porteiro físico

Como mencionado anteriormente, a outra forma de se obter portaria 24 horas no condomínio é realizando a contratação de dois porteiros presenciais.

Dessa forma, um porteiro fica responsável pelo turno do dia e outro pelo turno da noite, para que todos os horários sejam cobertos.

Porém, esse sistema pode sair caro para os administradores e gestores do prédio, isso porque será necessário contratar dois funcionários e realizar o pagamento de cada um.

Além disso, a portaria tradicional possui algumas falhas na qualidade do atendimento, segurança e controle. O que torna a portaria remota mais vantajosa.

Quais as vantagens da portaria remota?

A seguir, vamos falar um pouco das características que tornam a portaria remota mais vantajosa, veja quais são:

Atendimento especializado

Quando falamos no atendimento fornecido pela portaria remota, trata-se de um atendimento que além de ser 24 horas consegue dar atenção a todos os envolvidos.

Ou seja, os moradores são beneficiados pela tecnologia, os visitantes e prestadores de serviço não ficam sem atendimento caso um morador não esteja presente.

Entrada mais prática dos moradores

Esse tipo de portaria permite o uso da tecnologia a seu favor, a passagem dos moradores é facilitada com sistemas de biometria, tag de aproximação e QR Code. Assim, o tempo do morador é otimizado e o condomínio fica mais seguro.

Controle de acessos

O que mais se preza em um ambiente residencial é a segurança de todos, por meio do sistema remoto a central da empresa contratada realiza o controle de acessos de todos os visitantes.

Quando um visitante ou prestador de serviço aperta o interfone ele é identificado pelas câmeras de segurança e então o morador é contatado para autorizar ou não o acesso daquela pessoa.

Suporte técnico

Você deve estar se perguntando, como funciona a portaria remota em casos de queda de energia? Pensando nisso, existe um gerador de energia que permite o funcionamento da portaria até que o problema seja resolvido.

Além disso, em casos onde ocorre problemas no portão ou interfone, a central é comunicada e envia uma equipe para solucionar o problema.

Todo condomínio pode aderir a portaria remota?

Para saber se o seu condomínio pode implementar a portaria remota é preciso analisar algumas características como o perfil dos moradores, o tamanho do condomínio e se todos estão dispostos a mudar.

O ideal é que esse sistema esteja em condomínios de até 80 unidades, o que não significa que condomínios maiores não podem aderir ao tipo de portaria, mas é preciso levar em consideração outros fatores.

Os moradores precisam estar dispostos a mudar e se adaptar ao sistema online, que na verdade apenas facilita as rotinas.

Quanto custa uma portaria remota?

No começo do texto falamos que para responder quanto custa uma portaria 24 horas, você precisava conhecer as duas formas de se ter uma.

A portaria presencial com 2 porteiros é algo mais conservador, para condomínios que não buscam modernidade ou que acreditam que os moradores não conseguem se adaptar ao sistema remoto.

Porém, vale lembrar os custos mensais de arcar com dois profissionais na guarita do prédio.

Já a portaria remota é uma solução mais tecnológica, que leva praticidade e segurança para os condomínios. Nesse sistema, os custos maiores estão na implementação inicial dos equipamentos, mas depois o serviço se torna economia no caixa.

O valor dessa implementação vai depender da cidade e da empresa de portaria remota escolhida, é preciso pensar em uma empresa comprometida para realizar todo o serviço, pois assim seu condomínio tem mais tranquilidade nas suas rotinas.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

portaria hibrida

Portaria Híbrida

Portaria Híbrida

Você já ouviu falar em portaria híbrida? Esse modelo tem como objetivo atender as necessidades dos moradores a todo momento, aliando um monitoramento remoto, manutenção 24 horas e um aumento tecnológico para o Condomínio.

O que é uma portaria híbrida?

Muitos síndicos estão à procura de um aumento na segurança e uma possível redução na taxa condominial e nos procuram para fazer um orçamento de portaria remota.

Porém, entendendo melhor as necessidades do Condomínio, muitas vezes encontramos algumas dificuldades e pré-conceitos para implementar a portaria remota e as principais são:

  • Condomínios com mais de 100 unidades;
  • Porteiros que trabalham há muitos anos no Condomínio;
  • Moradores idosos e que estão “acostumados” com o porteiro no Condomínio.

 

Trata-se de um modelo que concilia a portaria remota com a portaria presencial. 

Esse tipo de portaria pode garantir mais agilidade, segurança, suporte remoto e economia ao condomínio.

O objetivo da portaria híbrida é que o condomínio seja atendido sempre da melhor forma possível e sempre que for necessário, mesmo que o porteiro físico não esteja disponível no momento.

Como funciona a portaria híbrida?

Para fazer esse modelo funcionar e evitar os impactos da transição direta da portaria presencial para a remota, esse sistema funciona como uma escala.

 

Durante o dia, nos horários comerciais, os porteiros físicos estão presentes para realizar o serviço. Já durante a noite, a portaria remota assume a função de atendimento.

 

Essa troca é definida pelos condomínios de acordo com a necessidade de cada um. Além disso, a portaria híbrida pode ser utilizada em momentos de escalas de porteiros, rondas, intervalos, imprevistos ou demais questões que possam levar o porteiro a se ausentar.

Quais as vantagens da portaria híbrida?

Veja quais são as principais vantagens de se optar por esse modelo de portaria no seu prédio:

  • Atendimento de portaria 24 horas (seja remoto ou presencial);
  • Mais segurança aos moradores;
  • Mais tecnologia para o seu condomínio;
  • Possibilidade de economia;
  • Menor impacto na rotina dos moradores em comparação a portaria remota;
  • Manutenção dos equipamentos 24 horas

 

São vários os benefícios de se optar por esse serviço, faça uma análise e descubra se ele é o modelo perfeito de portaria para o seu condomínio.

Qual o perfil do Condomínio para portaria híbrida?

Na nossa experiência, os Condomínios que têm o perfil para uma portaria híbrida são:

 

Em Condomínios onde os síndicos que querem fazer uma solução progressiva para portaria remota;

Condomínios sem possibilidade de fazer a rescisão de funcionários, seja por serem bons funcionários, seja por falta de caixa para a rescisão ou por o funcionário estar próximo a aposentadoria;

Condomínios que não tem zelador e que para contratar um novo funcionário, inviabilizaria a portaria remota pois o custo ficaria maior que a portaria presencial;

Condomínios de até 200 unidades.

portaria hibrida

Portaria Híbrida ou Portaria Remota? Qual a melhor?

São muitas vantagens que a tecnologia e inovação da portaria remota podem entregar aos moradores, gestores e síndicos.

Para saber se esse modelo vale mais a pena do que a portaria remota, é preciso levar em consideração alguns fatores e fazer uma boa análise.

Enquanto por um lado a implementação híbrida pode funcionar com um investimento menor, a portaria remota oferece muito mais economia ao longo do tempo, sendo um custo-benefício maior.

O que vai fazer a diferença na escolha é pensar também se os moradores estão dispostos a assumir esse tipo de portaria ou se preferem a presença do porteiro.

Nesses casos, a portaria híbrida ajuda para que eles possam se acostumar com o sistema para uma implementação total no futuro.

Independente da escolha, o importante é escolher uma boa empresa de portaria para que o seu condomínio esteja seguro, que o gestor tenha mais tranquilidade para realizar suas funções e os gastos sejam diminuídos.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

Mulher solicitando acesso por interfone

Qual a diferença entre portaria virtual e portaria remota?

Qual a diferença entre portaria virtual e portaria remota?

Um condomínio possui várias partes importantes para seu pleno funcionamento, uma delas é a portaria. A forma mais tradicional de portaria em prédio é aquela em que há um funcionário presencial na guarita para realizar os atendimentos.

Porém, sabemos que esse tipo de portaria pode apresentar falhas nos processos e que novos conceitos nesse serviço têm surgido. A tecnologia trouxe mais praticidade ao dia a dia das pessoas, logo, isso também pode ser implementado nas portarias.

E é o que já acontece nas portarias virtuais e portarias remotas. Por isso, vamos conhecer um pouco sobre a diferença entre esses dois tipos de portaria e entender qual melhor se encaixa no seu condomínio. Boa leitura!

Portaria virtual x Portaria remota

É comum que as pessoas confundam a portaria virtual com a portaria remota, por conta da semelhança dos termos, pode-se causar dúvidas.

De fato, os serviços possuem alguns pontos em comum, mas é importante saber diferenciar esses dois tipos de portaria, afinal é preciso escolher com cuidado qual o sistema que se encaixa melhor no seu condomínio.

Então, a seguir vamos falar um pouco sobre as características, vantagens e desvantagens desses serviços de portaria.

Qual a principal diferença entre a portaria virtual e a portaria remota?

Uma das principais características que diferencia os dois tipos de portaria é a forma que acontece os processos, isso é um ponto essencial para os gestores de condomínio.

Na portaria virtual, o atendimento é feito diretamente entre o visitante e o morador do apartamento, por meio do interfone. Ou seja, não há uma interferência profissional no processo.

Enquanto isso, o atendimento na portaria remota acontece por meio de uma central de monitoramento, essa central fica disponível 24 horas para realizar os contatos entre os visitantes ou prestadores de serviço e os moradores do condomínio.

Desvantagens da portaria virtual

A diferença citada anteriormente entre a portaria virtual e a portaria remota, que é a questão do atendimento ser feito sem um monitoramento profissional, traz desvantagens para os moradores e também para os síndicos e gestores do condomínio.

O primeiro grande problema é que esse sistema traz vulnerabilidade ao prédio, causando assim falta de segurança a todos. Isso porque, sem um monitoramento correto e controle de acessos, bandidos podem facilmente invadir o condomínio.

Outro ponto negativo é que como os processos são feitos diretamente pelos moradores e visitantes, em casos de falta de energia ou de internet, as pessoas ficam sem poder se comunicar até que as falhas sejam resolvidas.

Além disso, caso o morador não esteja em casa para autorizar o visitante ou prestador de serviço entrar no prédio, esses acabam tendo que retornar em outro momento.

Vantagens da portaria remota

Agora que você conheceu as desvantagens do serviço de portaria virtual, fica mais fácil de compreender por que a portaria remota vale mais a pena nesse sentido.

A portaria remota possui um sistema de funcionamento diferente da portaria virtual, com os processos mais seguros e monitorados por uma central de profissionais qualificados.

Para você conhecer melhor quais são os pontos positivos e mais vantajosos desse conceito em portaria, separamos as principais características. Confira quais são:

Central de atendimento 24 horas

Em um modelo de portaria tradicional, onde há um porteiro presencial no prédio, normalmente só há atendimento por parte desse funcionário no horário comercial, ou seja, nos outros momentos do dia não há um profissional ali para ajudar.

Já na portaria remota, isso não acontece. Nesse tipo de portaria a todo momento a central está disponível para fazer os atendimentos e o monitoramento necessário, mesmo fora do horário comercial.

Controle de acessos de visitantes

Outra grande vantagem da portaria remota em relação a portaria virtual é no que diz respeito ao controle de acessos de visitantes.

Nesse modelo remoto, há um registro de todos os visitantes e prestadores de serviço que acessaram o condomínio. Assim, garante-se mais segurança e tranquilidade aos moradores e aos gestores do prédio.

Informações como essas são muito importantes em casos de necessidade de interferência policial, por exemplo.

Suporte em casos de falta de energia

Sabemos que situações imprevisíveis podem acontecer, mas quando acontecem é importante que exista um sistema preparado para lidar com isso.

Na portaria remota, a central de monitoramento oferece suporte técnico em casos de falhas no portão do prédio ou no interfone, por exemplo. Além disso, os geradores de energia garantem o funcionamento em casos de queda.

Mais tecnologia e agilidade

As tecnologias surgiram para facilitar o dia a dia dos seres humanos, então por que não as utilizar?

A portaria remota traz em seus processos muito mais inovação e tecnologia, assim a rotina dos moradores e dos gestores do condomínio fica mais prática.

Por exemplo, o fato de que um morador pode autorizar o acesso de alguém ao seu apartamento sem precisar estar em casa, mas por um sistema de internet desenvolvido pela empresa de portaria remota.

Aplicativo de liberação de acessos
Aplicativo de liberação de acessos

Quanto custa a portaria remota?

O valor gasto com a implementação da portaria remota pode variar de acordo com a cidade que você mora e também com a empresa escolhida para o serviço.

Basicamente, os custos são referentes a equipamentos eletrônicos necessários para o atendimento a distância e para o monitoramento com segurança.

Embora seja preciso investir nessas instalações, a portaria remota permite economia ao condomínio, diminuindo gastos na folha de pagamento e podendo também diminuir a taxa paga pelos moradores.

Quais condomínios possibilitam portaria virtual ou portaria remota?

É preciso saber que nem todo condomínio pode implementar esses serviços, isso vai depender de alguns fatores como o tamanho e o perfil do condomínio.

Isso porque, no caso da portaria virtual, os moradores precisam estar dispostos a ter autonomia de realizar os atendimentos e condomínios maiores, que possuam mais de uma entrada, por exemplo, podem dificultar o funcionamento do sistema.

Já a portaria remota possui mais flexibilidade nesse sentido, mesmo assim, é mais indicada em condomínios de até 80 unidades.

O que realmente importa é que seu condomínio esteja seguro, os moradores estejam contentes e que o gestor possa focar seu trabalho nas suas funções com tranquilidade.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

mulher apertando interfone de portaria remota

Por que investir em portaria remota?

Por que investir em portaria remota?

A portaria tradicional não tem agradado os moradores do seu condomínio? Apenas o porteiro não está dando conta de realizar todas as tarefas necessárias da portaria?

Isso é bem comum de acontecer, para solucionar esse problema novas formas de portaria foram criadas, visando mais praticidade e segurança aos moradores.

Um desses modelos é a portaria remota, um novo conceito que une tecnologia e facilidade em um só serviço, fornecendo mais tranquilidade aos gestores de condomínio e aos moradores do prédio.

Quer conhecer mais sobre a portaria remota e por que investir nela vale a pena? Continue a leitura, preparamos a seguir um conteúdo que vai tirar suas principais dúvidas sobre esse assunto. Vamos lá!

O que é portaria remota?

Buscando mais praticidade e redução de custos aos condomínios, a portaria remota trata-se de um novo conceito no que se refere a portaria. Trazendo tecnologia esse tipo de serviço facilita o dia a dia dos moradores e também dos gestores e síndicos do condomínio.

Basicamente, todo o processo de atendimento dos moradores e visitantes é feito de forma remota, ou seja, virtual. Não há a presença de um funcionário presencialmente na portaria do prédio.

Para que tudo funcione perfeitamente, há uma central que realiza todo o controle de acessos, entradas e saídas por meio de um monitoramento de câmeras de segurança 24 horas por dia.

Como funciona a portaria remota?

O funcionamento desse serviço está ligado a tecnologia e pessoas responsáveis pela segurança dos moradores. Como mencionado anteriormente, todo o processo de atendimento é realizado remotamente.

O visitante que deseja ter acesso a algum dos apartamentos do condomínio, aperta o interfone e conversa diretamente com a central de atendimento da portaria remota. Assim, os responsáveis pela portaria, entram em contato com o morador do apartamento solicitado e verifica se há a autorização para esse visitante entrar no prédio.

Esse contato da empresa de portaria eletrônica com o morador pode ser feito pelo interfone, pelo telefone ou até mesmo pelo aplicativo próprio do serviço. Isso é possível devido ao sistema conectado à internet.

Já a entrada dos moradores do condomínio é realizada por meio de um sistema de identificação, sempre visando a segurança de todos.

Como funciona a portaria remota em caso de entregas aos moradores?

entrega delivery
Homem realizando entrega de encomenda

É comum surgir dúvidas no que diz respeito a entrega de encomendas e correspondências aos moradores de um condomínio que possui portaria remota.

Nesses casos, as encomendas podem ser entregues ao zelador do prédio, caso não haja esse funcionário trabalhando no condomínio, as entregas ficam limitadas para serem entregues apenas aos moradores.

Quando o morador não estiver em casa, o entregador pode entrar em contato com a central pelo interfone e deixar avisado que tentou realizar a entrega. Assim, a central notifica o morador do ocorrido para que ele possa tomar as providências.

Quais as vantagens da portaria remota?

A portaria remota possui diversos pontos positivos, veja quais são os principais e como eles beneficiam o seu condomínio:
monitoramento
Central de atendimento

Atendimento 24 horas

Uma das grandes vantagens da portaria virtual é o atendimento a todo momento. Quando o prédio possui apenas um porteiro como sistema de portaria, ele pode exercer suas funções apenas no horário comercial, depois disso não há ninguém para realizar o serviço.

O que não acontece na portaria remota, já que a central está disponível 24 horas para fazer os atendimentos necessários, mesmo que o morador não esteja em casa.

Registro de acessos

Você já parou para pensar como saber quem acessou o condomínio e quando acessou é uma questão de segurança para todos os moradores?

Na portaria remota, existe um controle de todos os acessos de visitantes, esse registro funciona como forma de identificação e é feito de forma profissional e não apenas em anotações de caderno, como ocorre muitas vezes em alguns condomínios.

Suporte técnico

A portaria remota fornece suporte técnico aos moradores em casos de falhas no funcionamento do portão ou do interfone.

Esse suporte funciona mesmo fora do horário comercial, sendo uma segurança e tranquilidade a mais para os moradores e gestores do condomínio.

Sistema de alerta de coação

Caso algum morador esteja sendo coagido na entrada ou em seu apartamento, pode pressionar uma tecla específica no seu interfone e a central da portaria de remota irá emitir um alerta para que você possa ser ajudado.

Ficou claro que esse modelo de portaria fornece muito mais segurança e facilita a rotina dos condomínios, sendo diversos os benefícios da implementação desse sistema.

Quanto custa a portaria remota?

Os custos totais de implementação da portaria remota no seu condomínio vai depender de alguns fatores como o número de unidades do condomínio, além é claro da empresa escolhida.

Os valores consistem no custo dos equipamentos necessários e de sua instalação no prédio, embora haja esse gasto inicial os benefícios desse serviço permite economia ao condomínio.

Exatamente, a portaria remota diminui gastos na folha de pagamentos e de contratações de funcionários. Sendo assim, uma economia significativa ao longo do ano.

Para quais condomínios a portaria remota é indicada?

Esse serviço é ideal para condomínios de até 80 unidades, porém não é uma restrição, condomínios maiores podem obter a portaria remota, o que vai definir são outros fatores do perfil do prédio.

É preciso também que os moradores sejam capazes e estejam dispostos a se adaptar às tecnologias desse modelo de portaria, afinal todos precisam colaborar para que funcione corretamente e a segurança de todos seja preservada.

É evidente que a portaria remota pode melhorar a vida dos moradores, com sua tecnologia, praticidade e inovação. Assim como todos os serviços, existem pontos positivos e negativos desse sistema, logo cabe ao gestor do condomínio identificar se é a melhor opção para o seu prédio.

Para contratar esse modelo, é preciso encontrar uma empresa especializada em portaria remota, que forneça um serviço sério e comprometido em fornecer todo o suporte necessário, com a melhor tecnologia e os melhores equipamentos.

Assim, o seu condomínio poderá se beneficiar totalmente das vantagens, tendo mais tranquilidade no seu dia a dia.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA

controle para portaria autônoma

Portaria autônoma: tudo o que você precisa saber

Portaria autônoma: tudo o que você precisa saber

A portaria é uma parte importante dos condomínios, afinal é como os visitantes e prestadores de serviço serão recebidos.

Você sabia que existem outros modelos de portaria do que o tradicional que você está acostumado?

A solução para o seu condomínio pode estar nos sistemas inovadores de portaria para condomínios, você apenas não conhece ainda.

Como por exemplo, a portaria autônoma. Um modelo que reduz os gastos do seu condomínio e ainda facilita o dia a dia dos moradores.

Quer entender o que é, como funciona e quais as vantagens de optar por esse sistema? Continue a leitura, preparamos esse artigo para tirar suas dúvidas e explicar por que esse conceito veio para ficar!

interfone para portaria autônoma

O que é portaria autônoma?

A chamada portaria autônoma trata-se de um sistema em que os próprios moradores do condomínio realizam os atendimentos de visitantes, sem que seja necessário um porteiro na entrada.

É um modelo diferente da portaria remota, por exemplo, onde há uma central realizando comandos por trás.

Esse tipo de portaria, tem como objetivo facilitar a vida dos moradores, dando-os mais autonomia, com isso também reduzindo os custos de porteiro. Para isso, a tecnologia entra em ação.

Trata-se de um modelo econômico já que os custos acabam se resumindo apenas a instalação da tecnologia oferecida pelas empresas que trabalham com esse serviço.

Como funciona a portaria autônoma?

controle para portaria autônoma
Pessoa fazendo atendimento pelo aplicativo de celular

Muitas pessoas possuem dúvidas de como funciona o sistema de portaria autônoma. Por isso, vamos explicar a seguir como acontece o atendimento no condomínio nesse modelo.

Todo o processo de atendimento por parte dos moradores é feito a distância, por meio de um interfone que é instalado na entrada do prédio. Nesse interfone o processo acontece normalmente, o visitante seleciona o número do apartamento que deseja ir.

Para atender esse visitante, os moradores possuem instalados em seu celular um aplicativo da empresa responsável pela portaria autônoma, no qual podem ver pela câmera instalada também na entrada do prédio ou por interfones com visor, quem está solicitando acesso ao apartamento.

O que acontece caso o morador não esteja em casa?

Em situações onde o morador do apartamento não está em casa para atender o visitante ou prestador de serviço, ele tem a opção de se comunicar com essa pessoa por meio do aplicativo da empresa.

Assim, pode decidir se deseja liberar a entrada, autorizando uma chave virtual de acesso, ou apenas avisar que não está disponível no momento e pedir que volte outro dia.

Por que investir em portaria autônoma?

São vários os motivos que levam os condomínios a optarem pela portaria autônoma. Esse novo conceito de portaria tem ganhado espaço entre os gestores e os moradores.

O primeiro grande ponto que podemos citar é o baixo custo de implementação do sistema. Isso ocorre porque o investimento para instalar esse modelo nos prédios não é um valor alto, pois se trata de um sistema simples de tecnologia.

Outro ponto já que falamos em economia é que a portaria autônoma diminui os custos do condomínio, pois não é mais necessário gastar com porteiro e recepção. O que resulta na possibilidade de redução da taxa de condomínio aos moradores.

Sem falar é claro, da praticidade e agilidade que essa portaria concede aos moradores, até mesmo quando não estão em casa.

Quais as vantagens da portaria autônoma?

controle para portaria autônoma
Agora que você entendeu a importância desse serviço, vamos ressaltar quais são as principais vantagens desse modelo:

De fato, são vários os motivos que atraem os gestores a implementarem a portaria autônoma em seus condomínios.

Para qual tipo de condomínio a portaria autônoma é indicada?

Como se trata de um sistema que dá autonomia aos moradores, o mais indicado é que a portaria autônoma seja implementada em condomínios de menor porte, logo com menos unidades.

Isso não é regra, vai depender também da gestão de cada prédio, já que outros fatores devem ser analisados.

Por exemplo, é preciso ter certeza que todos os moradores estão dispostos a assumir esse comprometimento em prol da segurança de todos do condomínio.

Se a resposta for sim, então será uma ótima opção para facilitar e agilizar a rotina do prédio, com mais tecnologia e comodidade.

Quais as desvantagens da portaria autônoma?

Antes de escolher a portaria autônoma é preciso saber que assim como todo sistema, há algumas desvantagens. Por isso, cabe ao gestor do condomínio analisar se esse é o modelo ideal ou não de portaria para o seu prédio.

Como por exemplo o fato de que esse modelo não possui uma central de monitoramento profissional que faça o controle de acessos de visitantes.

Outra desvantagem é que como cada morador é responsável pelos atendimentos, pode causar uma certa insegurança por parte dos vizinhos de apartamento.

Por isso, é importante escolher uma empresa de portaria autônoma que tenha um suporte remoto, ou optar pela portaria híbrida.

Portaria autônoma x Portaria Remota

É comum que as pessoas confundam portaria autônoma com a portaria remota. Ambas têm como objetivo facilitar a rotina dos moradores com tecnologia, mas existem algumas diferenças importantes.

Central de monitoramento

Enquanto a portaria autônoma não possui uma central de monitoramento de acessos, esse é justamente um dos pontos fortes da portaria remota.

Isso porque, essa central permite aos moradores do condomínio mais segurança no controle de quem entra e quem sai do prédio.

Suporte de manutenção

Outra diferença entre os dois modelos é que a portaria remota fornece um suporte de manutenção em casos onde o interfone ou os portões apresentam alguma falha.

Esses problemas, na maioria das vezes, podem ser solucionados sem precisar contatar o síndico, por exemplo.

Alerta de coação

Um outro diferencial é que a portaria remota possui um sistema especial que visa garantir a segurança dos moradores do condomínio.

Se algum morador estiver sofrendo algum tipo de coação em seu apartamento, pode solicitar ajuda de um modo silencioso pelo sistema da portaria.

É possível perceber que para escolher o modelo de portaria ideal para o seu condomínio é preciso analisar as necessidades do seu prédio e garantir a satisfação de todos.

SAIBA MAIS SOBRE PORTARIA REMOTA